O segredo de plantar sementes

Me perguntam com frequência “quais sementes devo plantar?” E a resposta é sempre a mesma! Procure sempre sementes de polinização aberta, evitando as híbridas. As sementes de variedades híbridas são criadas para lucrar, já que não reproduzem a mesma qualidade e criam dependência.

As plantas de polinização aberta têm melhores taxas de germinação e são superiores em sabor, qualidade e resistência. Com a invasão dos métodos agrícolas irresponsáveis, restaram poucas variedades de polinização aberta disponíveis. Por isto a coleta de sementes é uma tarefa importante.

arugula-762557_1920

Como regra geral, sementes grandes devem ser plantadas diretamente no solo, enquanto as pequenas germinam melhor em sementeiras ou viveiros. Eu frequentemente planto sementes pequenas diretamente na terra para colher os brotos para comer.

As sementes, em geral, devem ser plantadas em uma profundidade duas vezes o seu diâmetro. É preferível semear mais superficialmente do que muito profundo, exceto se o solo for muito arenoso ou o clima for muito quente e seco.

Uma das maiores causas de desânimo dos jardineiros iniciantes é a semeadura fora da estação. Tabelas de semeadura variam de acordo com a região e o clima. A temperatura do solo deve estar morna para estimular a germinação. Troque idéias com jardineiros locais para descobrir os detalhes da sua região.

seedling-695138_1920Enquanto as mudas crescem, devem receber bastante luz, ou se tornam finas e quebram na base. Não espere que um broto possa perfurar a cobertura vegetal. Facilite sua vida e regue com uma neblina leve a cada dois dias, para não danificar a semente. Após a brota do segundo grupo de folhas, é hora de transplantar a muda para o canteiro definitivo. Mantenha seus potes e ferramentas lavados com água e sabão, para evitar contaminação.

Um adubo para sementes pode ser feito misturando-se composto, solo do jardim e areia média na razão de 1:1:1. A mistura deve, ao mesmo tempo, absorver água e drenar o excesso. Se estiver plantando sementes pequenas, peneire o solo para remover as partículas maiores.

Ao transplantar as mudas para um local definitivo, regue levemente
e aperte o solo ao redor das raízes. Gentilmente bata no recipiente. Coloque a muda entre dois dedos e vire para removê-la. Faça um buraco duas vezes maior e co- loque a muda. Adicione muito húmus. Se a raiz foi danificada no processo, remova algumas das folhas da copa.

Para mais informações confira O pequeno livro de sementes” por Lucia Legan

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s