Testando o barro

O barro é o material de construção mais utilizado no mundo. Existem muitos tipos diferentes de barro (subsolo) e as diferentes técnicas de bioconstrução surgiram para adaptar às diversas qualidades de barro existentes. Veja qualquer barro serve para construir.

Alguns testes simples são muito válidos para determinar o tipo de solo com que estamos lidando. Uma vez definida as proporções de argila e areia, podemos estabelecer a capacidade de retenção de água da porção argilosa. Argilas expansivas (cujo volume aumenta muito em função da quantidade de água na mistura) tendem a encolher rapidamente e quando secas e apresentam rachaduras.

O primeiro exame a ser feito é a observação direta. Você pode reconhecer o tamanho das partículas, sua granulometria? Qual a consistência do material? É pegajoso ou se esfarela com facilidade? Quanto mais argila, mais pegajoso. Quanto mais arenoso, mais difícil é sua aglutinação.

1º teste | o vidro separador

1. Em um frasco de vidro de cerca de um litro e com tampa, coloque um punhado do solo que você quer testar.

2. Complete com água até três quartos do volume do vidro e tampe-o.

3. Agite bem até que todo o solo tenha se dissolvido na água.

4. Deixe o frasco em um local claro e aguarde a sedimentação.

O processo de sedimentação pode levar alguns dias, espere até que a água fique clara. A areia, a argila, o silte e a matéria orgânica se sedimentarão separadamente: a areia se assenta no fundo e a argila por cima. Entre as duas haverá uma pequena camada, o silte. A matéria orgânica tende a flutuar. Observe as camadas e determine as proporções de areia e argila.

test - Version 3.jpg

2º teste | a bolinha

• Se a proporção de areia e argila estiver fora dos limites toleráveis será preciso acrescentar material. Se faltar areia faça diferentes amostras para ter a certeza da quantidade necessária. Por exemplo 3:1, 2:1, 1:1, 2:3, 1:2 e 1:3.

• Quando as amostras estiverem bem misturadas adicione um pouco de água para que os diferentes materiais se unam quando apertados na mão. A umidade deve ser apenas suficiente para o material adquirir a consistência de uma farofa.

• De cada amostra prepare uma porção do tamanho de uma bola de tênis.

• Jogue a bolinha para cima a uma altura de cerca de um metro e deixe-a cair sobre a palma da mão sem agarrar.

• Observe o resultado: se a bolinha quebrar é porque tem muita areia. Se achatar, ela tem muita argila ou muita água. Nesse caso, repita o teste com menos água.

• A proporção ideal será revelada pela bolinha que mantiver sua forma mesmo após o impacto contra a palma da mão.

test - Version 2.jpg

Teste final | corpos de provas

Independente da técnica a ser utilizada a única maneira de garantir uma mistura perfeita é com a execução de modelos reais para teste. Pequenos pedaços de parede construídos com proporções diferentes, ou apenas com aquela que você julga ideal, permitem a observação dos resultados antes de embarcar na fabricação em grandes quantidades para a obra. Construa algo experimental como um galinheiro, uma casinha de cachorro ou um muro.

Observe o comportamento deste experimento ao secar, quando exposto à chuva e ao sol. Se julgar necessário faça testes de resistência à pressão lateral e ao peso de um telhado e avalie a necessidade de reforço.

Com o tempo você adquirirá experiência e será capaz de julgar a viabilidade de uma amostra apenas manipulando a mistura por alguns minutos. Mas nas primeiras obras será necessário um pouco de cautela e paciência.

Faça também alguns adobes e observe seu encolhimento, medindo as peças recém-moldadas e depois, quando já estiverem secas. A observação cuidadosa e detalhada é essencial.

test.jpg

Fonte: Andre Soares (2007) – Soluções Sustentáveis, Construção Natural

Desenho créditos:Carina Levitan

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s